COMO UMA CIDADE FICOU CONHECIDA POR CAUSA DE SEUS ABACATES

COMO UMA CIDADE FICOU CONHECIDA POR CAUSA DE SEUS ABACATES

Voltar a Nosso impacto

No estado mexicano de Michoacán, o centro do “Cinturão do Abacate” do país, fica Lagunillas. Com um passado de pouca importância econômica para a região número um em cultivo de abacate no mundo, sem chamar muito a atenção, esta cidade de alguns milhares de habitantes se tornou o cenário de uma pequena revolução industrial. O México é responsável por aproximadamente um terço da produção mundial de abacates. A maior parte da produção vem de Michoacán pois, graças às altitudes mais elevadas, a região possui as condições perfeitas para o cultivo de “Hass” – a variedade de abacate mais popular. Para saciar o crescente apetite do mundo por essa iguaria, hoje quase todos os abacates de Michoacán são exportados.

À medida que é colhida e amadurece, a fruta deve ser disponibilizada e servida na hora certa para não ocupar muito espaço de armazenamento ou acabar virando desperdício de alimentos. Uma maneira comum de conseguir isso é acelerar o processo de amadurecimento um pouco antes da venda. Porém, isso requer tratamento químico no local de destino.

Então, não existe uma maneira mais fácil de exportar abacates? Foi o que se perguntou a Corporativo La Viña, empresa com décadas de experiência na produção de abacates. A ideia deles parece simples: congelar rapidamente e enviar metades de abacates maduros para serem descongelados conforme desejado. Mas, na realidade, o tipo de instalação necessária para isso nunca havia sido construído, o que deixou Alia Yhamel e Miguel Gutiérrez, os jovens engenheiros encarregados de projetá-lo, com um grande desafio pela frente. La Viña escolheu construir a fábrica em Lagunillas, uma cidadezinha com fácil acesso aos pomares de abacate de Michoacán. Apesar de sua localização estratégica, até então havia recebido pouca atenção da indústria e do governo, deixando a cidade com falta de infraestrutura e atividade econômica fora da agricultura. Isso fez da nova instalação não apenas um passo importante no desenvolvimento dos negócios de La Viña, mas de toda a região.


“GRAÇAS A ESTE PROJETO, LAGUNILLAS FICOU CONHECIDA.”

ALIA YHAMEL
ENGENHEIRA DE PROCESSOS, CORPORATIVO LA VIÑA


Para projetar a primeira unidade de congelamento rápido de abacate do mundo, os engenheiros fizeram uma parceria com a RR Refrigeración Industrial Aplicada, empresa especialista em refrigeração. Eles centraram seus planos em um túnel de congelamento rápido individual (IQF), onde os abacates limpos, amadurecidos e cortados são congelados a uma temperatura de -40 °C antes de serem embalados a vácuo e enviados para o armazém. A instalação pode processar 150 toneladas de frutas por semana, que são armazenadas em 12 câmaras com capacidade de 48 toneladas cada.

Para cumprir os requisitos de ar condicionado e refrigeração da instalação, a equipe optou por um sistema de resfriamento personalizado com um condensador evaporativo ECOSS 2.0 da Güntner para enviar o líquido refrigerante natural de amônia aos resfriadores de ar. A Güntner forneceu 25 resfriadores de ar da linha Dual VARIO personalizados com trocadores de calor feitos especialmente para o amadurecimento do abacate. Seu design flexível com duplo fluxo ajuda a distribuir o ar uniformemente pelas salas de maturação e corte, garantindo de forma consistente a alta qualidade da fruta. Da mesma forma, na área de armazenamento foram instalados dez resfriadores de ar da linha Cubic VARIO equipados com ventiladores personalizados, que mantêm a temperatura uniforme -22 °C, atendendo aos mais altos padrões de higiene.

O sistema de resfriamento se torna mais sustentável ao tratar toda a água processada por ele e toda a instalação de acordo com as Normas Oficiais Mexicanas (NOM). Isso permite que a água seja reutilizada para irrigação, o que é especialmente valioso na indústria de abacate, que tem um consumo de água muito grande. Já desde o início do projeto, o impacto positivo estava claro: Ao contar com o povo de Lagunillas para construir as estradas necessárias, ofereceu-lhes uma fonte confiável de renda. Além disso, desde a sua inauguração, a instalação emprega 700 pessoas diretamente e cerca de 1 mil mais em seus fornecedores.

Esses números só tenderão a aumentar à medida que a instalação está agora firmemente estabelecida como fornecedora internacional de metades de abacate congeladas – principalmente para hotéis e restaurantes na França, Portugal e Espanha, que valorizam sua maturação consistente e perfeita. Graças a esse sucesso, a La Viña já está planejando extensões para congelar mais frutas deliciosas do México, incluindo frutas vermelhas, mangas e abacaxis. Isso é uma ótima notícia para os amantes da boa comida. E é uma ótima notícia para a população de Lagunillas.


“É FANTÁSTICO PODER COMPLETAR ESTE PROJETO DE ALTA TECNOLOGIA, DE FORMA BEM-SUCEDIDA E COM QUALIDADE.”

OMAR JUÁREZ
GERENTE DE REFRIGERAÇÃO INDUSTRIAL, GÜNTNER